Buscar: Em:
Akaprovic: escapamentos de desempenho esportivo
 

  
  
18/03/2010

A empresa Akrapovic foi fundada em 1990 com base na experiência adquirida pelo engenheiro Igor Akrapovic na preparação de motocicletas de competição.


Seu conhecimento vem de suas experiências e observações pessoais, com ele próprio frequentemente indo para a pista testar o resultado do seu trabalho.


Seu desejo incessante de desenvolver produtos de alta performance e sua excepcional sensibilidade para preparar motores de corrida fizeram o nome Akrapovic famoso no mundo todo.


Na sua busca pela perfeição na preparação de motos de competição ele descobriu que não havia sistemas de escape com qualidade técnica disponíveis no mercado.


Os sistemas convencionais eram produzidos sem um suporte tecnológico avançado, com as partes principais geralmente soldadas sem qualidade de acabamento e fabricados com tubos de paredes muito espessas.


Os sistemas mais sofisticados eram astronomicamente caros. Para Akrapovic, cujo perfeccionismo é bem conhecido, não houve escolha e ele resolveu fabricar seu próprio sistema de exaustão.


As idéias inovadoras de Igor começaram a tomar forma concreta e ele estabeleceu novos conceitos na construção de sistemas de escape: novas configurações, diâmetros dos tubos e novos materiais.


Foi ele que começou a expandir o uso de tubos fabricados com aço inoxidável de alta qualidade, titânio e fibra de carbono. E a oficina de 450 m2 rapidamente tornou-se pequena para conter as crescentes necessidades da empresa, que estava experimentando uma ascensão meteórica.


A qualidade dos produtos da nova fábrica acabou chamando a atenção da maioria das equipes de competição do circuito Pro Superbike.


Em 1993 a Kawasaki Deutschland realizou um teste com um modelo de escape que não havia sido desenvolvido especificamente para suas motos e ficou claro que o sistema Akrapovic era melhor do que o da fábrica.


Isso significou um avanço enorme e o início de uma cooperação importante com numerosas equipes da categoria Pro Superbike, que conquistaram muitas vitórias e títulos nos anos seguintes.


Em 1997 os sistemas de escape Akrapovic começaram a usar extensivamente o titânio e a fábrica incorporou uma produtora desse material a fim de produzir seus próprios tubos.


Isso permitiu total liberdade na construção dos tubos, controle de qualidade preciso nos processos de soldagem e independência de fornecedores.


Finalmente os sistemas de escape de titânio se tornaram disponíveis e acessíveis para todos e não apenas para os pilotos de elite.


Depois do sucesso na categoria Pro Superbike, a Superbike World Championship não estava longe e a equipe de fábrica da Kawasaki, depois de testes rigorosos, foi a primeira a usar oficialmente o sistema Akaprovic no circuito mundial.


Com base nos excelentes resultados obtidos, outras equipes também passaram a utilizá-lo: a Yamaha em primeiro lugar, e um ano depois a Suzuki e Honda.


A propagação da reputação do sistema Akrapovic acabou despertando também o interesse das equipes do Campeonato do Mundo de Supersport 600.


Com o crescimento da procura de seus produtos a fábrica passou a ter dificuldade de atender à demanda e teve que ser ampliada passando a ocupar um espaço de 3.000 m2.


Nessa altura a empresa ainda estava comercializando seus produtos com a marca Skorpion, que eram distribuídos por um depósito central localizado na Alemanha.


Acompanhando a mudança para a nova fábrica também foi decidido mudar o nome da marca. A conclusão a que seus dirigentes chegaram foi optar por um nome que não tivesse similaridade com as marcas já existentes e a solução lógica foi usar o nome do fundador da empresa, Igor Akrapovic.


A nova marca foi muito bem recebida e teve um enorme impulso comercial no mercado mundial, começando a ser usada por todos que entendem a necessidade da utilização de componentes de qualidade superior nas competições.


Depois da entrada no Campeonato Mundial de SBK, outros importantes campeonatos nacionais foram conquistados: o americano AMA Superbike e o japonês All Japan Superbike Championship.


No ano de 2000 o sistema Akrapovic passou a ser utilizado também pela Aprilia. A entrada nessa categoria abriu as portas para o desenvolvimento de novos produtos e em menos de uma década a empresa ganhou proeminência mundial com base no sucesso de suas conquistas.


A primeira vitória individual em uma corrida de SBK foi conquistada em 1997 pelo japonês Akira Yanagawa com uma Kawasaki e o primeiro título mundial também foi conquistado na categoria SBK, em 2000, por Colin Edwards da equipe Castrol Honda.


No mesmo ano, Teuchert Joerg (Yamaha) tornou-se campeão da categoria 600 SS. Depois do sucesso na categoria SBK as equipes participantes do Mundial de MotoGP também passaram a se interessar pelos sistemas de exaustão Akrapovic e o ano de 2002 foi decisivo para que a categoria “top” do motociclismo mundial também optasse por eles.


A introdução e predominância dos motores quatro tempos exigiram novas formas de pensar e uma abordagem diferente para o desenvolvimento e desenho dos componentes das máquinas de corrida.


Essas alterações tiveram um efeito positivo na Akrapovic, que passou a produzir sistemas de exaustão especialmente desenvolvidos para motores quatro tempos.


Toda sua experiência, conhecimento e capacidade de produção de produtos com alta tecnologia foram muito importantes no desenvolvimento do projeto MotoGP e a fábrica passou a ser fornecedora oficial de sistemas de exaustão para as equipes Aprilia e Kawasaki.


Assim, a pequena oficina, que começou com apenas seis funcionários, alcançou sucesso mundial passando a ser reconhecida como a principal fabricante de sistemas de exaustão de desempenho esportivo através da aplicação de seus próprios conhecimentos e capacidades.


Hoje, ocupa uma área de 7.000 m2 e emprega cerca de 170 funcionários altamente qualificados e motivados, todos conscientes que têm que oferecer produtos perfeitos para clientes que não aceitam erros – as equipes oficiais de corrida e os pilotos mais exigentes do mundo!

Últimos comentários deixados

14/06/2015 - 12:50 - Carlos Alberto dos santos fortuna
Adoro os escape akrapovic oke mais mi vacina e o full GP megafonica...


Deixe seu comentário sobre a notícia

Seu nome/apelido:
Seu comentário:
Digite o que você vê na imagem abaixo: *
   

 
Revista Dirt Action
Revista Bike Action